12 março 2009

Por que as mulheres menstruam?

Felipe A. P. L. Costa

O sistema reprodutor feminino passa, aproximadamente a cada 28 dias, por dois ciclos: o ovariano, durante o qual ocorre a ovulação, e o uterino (ou menstrual), durante o qual se dá a menstruação. Na primeira metade de um ciclo ovariano normal, um oócito primário matura, tornando-se oócito secundário (óvulo), e este é expelido do ovário (ovulação) em direção ao interior da trompa uterina. Em seguida, as células do ovário envolvidas na maturação do oócito formam uma massa de tecido endócrino, denominada corpo lúteo, que produz hormônios (estrogênio e progesterona) por cerca de duas semanas. Se nesse período o óvulo liberado não for fertilizado, o corpo lúteo degenera.
[...]

Uma descrição da fisiologia da menstruação, por mais detalhada e extensa que seja, não responde, por si só, a outro tipo de pergunta: ‘por que’ as mulheres menstruam? Ao fazer essa pergunta, igualmente válida e pertinente; adquirimos uma perspectiva nova da questão – isto é, o assunto permanece o mesmo, mas o enfoque muda.
[...]

A bem da verdade, até bem pouco tempo não havia uma teoria biológica que explicasse de modo consistente a evolução da menstruação, embora os detalhes fisiológicos sejam bem conhecidos. A situação começou a mudar nas últimas décadas, quando surgiram as primeiras hipóteses explicativas de cunho evolutivo, trazendo várias ideias interessantes e promissoras. Um exemplo é a hipótese formulada pela bióloga norte-americana Margie Profet, segundo a qual a menstruação teria evoluído como um mecanismo de defesa contra micróbios nocivos trazidos pelos espermatozoides -- ver em A beleza da fera (Rocco, 1998), de Natalie Angier.
[...]

Explicações adicionais (adaptativas ou não) apareceram depois disso, como a hipótese de que a menstruação teria evoluído como um indicador externo do ciclo reprodutivo feminino. Até agora, porém, nenhuma das hipóteses parece ter se tornado hegemônica entre os estudiosos. Ainda que todas as propostas já publicadas mostrem-se inconsistentes e sejam substituídas em futuro próximo, não há dúvida de que o enfoque evolutivo lançou luz nova sobre um assunto ainda cercado de preconceitos, erros e mal-entendidos, inclusive entre os especialistas.

Por exemplo, muitos especialistas em fisiologia humana sem formação em biologia evolutiva encaram as perguntas levantadas por biólogos evolucionistas como excessivamente ‘selecionistas’ (“a menstruação, afinal, não seria uma adaptação”) ou, pior ainda, como sem sentido. Entretanto, com exceção talvez desses últimos (os fisiologistas para quem “fenômenos e processos fisiológicos são o que são, e pronto”), dificilmente algum estudioso da biologia reprodutiva humana discordaria da pertinência das perguntas que vêm sendo levantadas pela biologia evolutiva. Por que as mulheres menstruam? Por que não manter a camada uterina (endométrio) até que o bebê precise dela? E mesmo que o descarte do endométrio seja uma medida econômica, por que o sangramento copioso? Por quê?

Fonte: Costa, F. A. P. L. 2009. Menstruação: outra perspectiva é possível. Ciência Hoje 257: 72-73. O sítio eletrônico da revista está aqui.

3 Comentários:

Blogger Milena disse...

Olá, Felipe!

Gostei muito da última pergunta... Eu sou daquelas que têm verdadeiras hemorragias. Já fiz tudo quanto é exame, e não tem nada de anormal. Eu sou assim, e pronto. Mas fica no ar a pergunta: por quê? É mesmo necessário?

Mas não posso reclamar da vida, afinal, conheço casos piores. Tenho uma conhecida lá na Hungria que, além de sangrar horrores, ainda tem oscilações de humor violentíssimas, ela tem surtos depressivos terríveis durante o período menstrual. Novamente, eu pergunto: por quê?

No meu caso, dá pra agüentar (cólica no primeiro dia, se for muito forte, um comprimido de ponstan resolve e no dia seguinte, acabou a dor). No caso da minha conhecida, cheguei a aconselhar que ela procurasse saber mais sobre o trabalho do dr. Elsimar Coutinho. Para ela, seria muito útil...

Enfim, continua a pergunta: "por quê?"

Abraços

Milena

16/3/09 23:33  
Anonymous Juracy disse...

Pois é... Porrrrrrrr que???????
Desabafando, por que o "sexo frágil" tem que suportar tantos desconfortos e dores? Seria o Universo criador machista???
O blog está, como sempre, muito bom Felipe. Um abraço e parabéns, Juracy.

22/4/09 18:28  
Blogger marcelo disse...

Eu não consegui entender porque as mulheres menstruam?

29/6/09 18:17  

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker